Sobre

O nome, Duas Quintas, descreve como era a propriedade, quando a adquirimos em 2005, antes dos trabalhos de renovação começarem. Antes de se tornar numa casa de hóspedes, Duas Quintas tinha sido uma próspera propriedade agrícola, cultivando vegetais e citrinos. Vizinhos de Duas Quintas ainda falam sobre a quinta em sua antiga glória, quando os trabalhadores de todo o vale se reuniam para a colheita e o plantio, às vezes passando lá a noite, comendo juntos sob as estrelas. Muitos destes frutos ainda são cultivados em Duas Quintas, e, ao pequeno-almoço, servimos sumo natural de laranjas colhidas nos laranjais circundantes. Na época, também poderá desfrutar de figos frescos, pêssegos, tangerinas, clementinas, limões e ameixas, bem como doces caseiros e compotas. A actual área de estacionamento de automóveis era antigamente uma das duas eiras da propriedade. A eira é um espaço para a secagem de cereais. A piscina fica situada no local da segunda eira. As paredes de apoio da eira original foram incorporadas para formar a estrutura de apoio da piscina. Um pouco além da piscina, as ruínas duma pequena capela estão enterradas sob as laranjeiras e o folclore local fala de um eremita que viveu na terra. Há muitos legados de práticas agrícolas tradicionais, incluindo os dois grandes tanques de água e o poço fantástico com a sua escadaria de pedra antiga e antiquada máquina de bombeamento.